Apresentação da biografia do Cardeal José Saraiva Martins

Apresentação da biografia do Cardeal José Saraiva Martins

“O Cardeal que sorri” assinala 30 anos de ordenação episcopal, na Sé da Guarda

 

“Quando a Igreja Sorri – Biografia actualizada do Cardeal José Saraiva Martins” é o livro que vai ser apresentado no dia 15 de Agosto, às 16.30 horas, na Sé Catedral da Guarda. Esta iniciativa é promovida pela Diocese da Guarda, com o apoio da Paulus Editora e da Casa VERITAS, e pretende assinalar os 30 anos de ordenação episcopal do Cardeal José Saraiva Martins, natural de Gagos do Jarmelo, no concelho da Guarda.

A apresentação do livro será da responsabilidade do Bispo de Aveiro, D. António Moiteiro, oriundo do presbitério da Diocese da Guarda. Na mesa da apresentação também estará o Bispo da Guarda, D. Manuel Felício.

O livro, da autoria do italiano Andrea Tornielli, dá a conhecer a vida e a obra do Cardeal José Saraiva Martins, Prefeito emérito da Congregação para as Causas dos Santos.

Símbolo incontornável na história das relações de Portugal com o Vaticano, o Cardeal José Saraiva Martins, estabelecida em Roma desde 1954, ficou conhecido como “o cardeal que sorri” pela sua simpatia e notória competência, ocupando na Cúria romana um lugar de grande relevo, e pela notável obra que realizou ao longo da sua vida.

“o cardeal que sorri”

Depois da apresentação do livro, segue-se, às 18.00 horas, a celebração da Missa de Acção de Graças pelos 30 anos de ordenação episcopal do Cardeal José Saraiva Martins.

D. José Saraiva Martins é natural de Gagos do Jarmelo (Guarda), onde nasceu em 6 de Janeiro de 1932.

O cardeal português foi nomeado arcebispo titular e secretário da Congregação para a Educação Católica, pelo Papa São João Paulo II, a 26 de Maio de 1988.

Passados 10 anos, o pontífice polaco nomeou D. José Saraiva Martins prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, a 30 de maio de 1998 e foi criado cardeal no Consistório de 21 de Fevereiro de 2001, com o título de cardeal-diácono de Nostra Signora del Sacro Cuore.

 

O agora Papa emérito Bento XVI confirmou-o a 21 de Abril de 2005, e o cardeal resignou a 9 de Julho de 2008. No ano seguinte, o mesmo Papa nomeou D. José Saraiva Martins cardeal-bispo da Igreja Católica, com o título de cardeal-bispo de Palestrina, a 24 de Fevereiro de 2009.

Em 2016, por exemplo, o Papa Francisco nomeou o cardeal português seu “Enviado Especial” ao 24.º Congresso Mariológico Mariano Internacional, que se realizou em Fátima.

Depois de terminar os estudos liceais, D. José Saraiva Martins partiu para Roma e aí reside desde os 17 anos de idade, tendo feito doutoramentos em Teologia na Universidade de São Tomás e de Filosofia na Universidade Pontifícia Urbaniana, como membro da Congregação dos Missionários Filhos do Imaculado Coração de Maria, na qual foi ordenado padre a 16 de Março de 1957, em Roma.

De 1977 a 1983 foi reitor da Universidade Urbaniana, cargo que voltaria a desempenhar entre 1986 e 1988.

No dia 15 de Agosto regressa à Guarda, à Sé Catedral, para assinalar os 30 anos de ordenação episcopal.

 

 

 

 

 

Quarta, 1 de Agosto de 2018