Jovens da Guarda encontram-se para rezar

Jovens da Guarda encontram-se para rezar

Encontro acontece todas as terças e sextas, numa plataforma online

Jovens da Guarda reunidos para rezar

 

Um grupo de Jovens da Guarda encontra-se duas vezes por semana para rezar. O encontro está marcado para todas as terças e sextas-feiras, às 22.00 horas. O estado de emergência com o objectivo de combater a pandemia de Covid-19 não desmotivou os doze jovens que continuam a rezar semanalmente, mas agora através das novas formas de comunicar.

Através da plataforma ‘zoom’ estão todos interligados e, à hora marcada ninguém falha.

“A partir da iniciativa da DPJUV - Departamento da Pastoral Juvenil Universitária e Vocacional da Diocese da Guarda, considerámos que era mais giro se fizéssemos a oração em conjunto, e desde essa altura, fazemos sempre uma oração juntos duas vezes por semana através desta plataforma”, disse, ao jornal A GUARDA, uma das jovens que integra o grupo.

Ana Filipa, estudante universitária, do último ano de Economia, no ISCTE- Instituto Universitário de Lisboa, adiantou que “assim estamos mais unidos”.

Antes de surgir o problema do Covid-19, este grupo que está ligado à Paróquia de S. Miguel – Guarda, encontrava-se regularmente para rezar. Devido à pandemia tiveram de cancelar os encontros presenciais, mas no dia de oração “24 horas para o Senhor”, este ano de 20 para 21 de Março, decidiram manter o encontro, mas através da plataforma ‘zoom’.

As “24 horas para o Senhor”, iniciativa promovida pelo Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização, surgiram em Roma, há seis anos, mas rapidamente ganharam relevo mundial. A iniciativa pretende unir espiritualmente as Igrejas espalhadas pelos cinco continentes ao Papa, proporcionando a todos a possibilidade de fazer uma experiência pessoal da infinita misericórdia de Deus.

Desde o dia das “24 horas para o Senhor”, o grupo continua a encontrar-se regularmente todas as terças e sextas-feiras, na plataforma, para rezarem em conjunto também pelas vítimas e pelo fim da pandemia. 

 

Sexta, 3 de Abril de 2020