Diocese da Guarda lembra vítimas da pandemia nas Missas de Domingo

Diocese da Guarda lembra vítimas da pandemia nas Missas de Domingo

No IV Domingo do Advento – 20 de Dezembro

Diocese da Guarda lembra vítimas da pandemia nas Missas de Domingo

 

A Diocese da Guarda vai lembrar as vítimas da pandemia nas celebrações de Domingo, 20 de Dezembro. O Bispo da Diocese pediu a todos os padres para que no IV Domingo do Avento façam uma oração pelos que faleceram e também pelas famílias que ficaram de luto.

“Queremos, no IV Domingo do Advento, em todas as celebrações dominicais realizadas na Diocese, fazer uma prece por todos os que faleceram durante estes tempos da pandemia e também pedindo o conforto de Deus para as suas famílias enlutadas” pede o D. Manuel Felício (ver texto ‘Como vamos viver o Natal, em tempo de pandemia’).

O Bispo da Guarda lembra que “o Natal, sendo tempo especial para o reencontro das famílias, também o é para fazer memória daqueles que deixaram os seus lugares vazios, com a partida para a eternidade”.

No Domingo, o IV do Advento, dia 20 de Dezembro, o Bispo da Diocese vai celebrar às 11.00 horas, na Sé da Guarda, Eucaristia de sufrágio pelos falecidos e a pedir o conforto para os que ficaram de luto.

“Vivamos este Natal na certeza de que a esperança vinda do Menino de Belém é mais forte do que todos os sofrimentos que a pandemia nos está a impor”, pede o Bispo da Guarda.

De acordo com a Direcção-Geral da Saúde, desde o início da pandemia, Portugal registou, mais de 5400 mortos.

A última semana, uma das vítimas mortais tinha entre 10 e 19 anos, naquela que é a primeira morte registada nesta faixa etária.

Relativamente aos internamentos hospitalares, estão internadas 3.093 pessoas.

De acordo com a Direcção-Geral da Saúde “o novo coronavírus, designado SARS-CoV-2, foi identificado pela primeira vez em Dezembro de 2019 na China, na cidade de Wuhan. Este novo agente nunca tinha sido identificado anteriormente em seres humanos. A fonte da infecção é ainda desconhecida.

Ainda está em investigação a via de transmissão. A transmissão pessoa a pessoa foi confirmada e já existe infecção em vários países e em pessoas que não tinham visitado o mercado de Wuhan. A investigação prossegue”.

 

 

 

 

Sexta, 18 de Dezembro de 2020