Hino Oficial JMJ Lisboa 2023 conta com duas vozes da Banda Jota

Hino Oficial JMJ Lisboa 2023 conta com duas vozes da Banda Jota

Susana Ferreira e Teresa Ferreira são naturais de Cadoiço, Junçais, Fornos de Algodres

Hino Oficial JMJ Lisboa 2023 conta com duas vozes da Banda Jota

 

O hino oficial da JMJ - Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023 foi apresentado no dia 27 de Janeiro e conta com a participação de dois elementos da Banda Jota, da Diocese da Guarda.

A canção intitulada “Há Pressa no Ar” foi escolhida através de um concurso com mais de uma centena de participantes portugueses. “Há Pressa no Ar” tem letra de João Paulo Vaz, sacerdote, e música de Pedro Ferreira, professor e músico, ambos da diocese de Coimbra, no centro de Portugal. Os arranjos são do músico Carlos Garcia.

O tema foi gravado, em duas versões: em português e na versão internacional em cinco idiomas (português, inglês, espanhol, francês e italiano).

A organização explica que “Ao cantar este hino, os jovens de todo o mundo são convidados a identificarem-se com Maria, dispondo-se ao serviço, à missão e à transformação do mundo. A letra evoca também a festa da JMJ e a alegria centrada na relação com Deus”.

Susana Ferreira e Teresa Ferreira, elementos da Banda Jota, fazem parte do grupo que gravou o Hino Oficial da Jornada Mundial da Juventude.

O gosto pela música destas irmãs, uma advogada e a outra médica, naturais de Cadoiço, freguesia de Juncais, concelho de Fornos de Algodres, Diocese da Guarda, levou-as a concorrer ao Festival Nacional da Canção Mensagem, em 2004. Nesse ano, em representação da Diocese da Guarda, venceram o Festival, que decorreu em Fátima, com o tema “Quero encontrar-me em Ti”.

Susana Ferreira e Teresa Ferreira, que agora também dão voz ao Hino Oficial JMJ Lisboa 2023, fazem parte da Banda Jota, uma banda de inspiração católica com uma sonoridade pop-funk, nascida em 2003, na diocese da Guarda.

As Jornadas Mundiais da Juventude (JMJ) apresentaram sempre um significado especial para estas duas irmãs. Tiveram a oportunidade de vivenciar por dentro esta peregrinação em 2005 em Colónia (Alemanha) e em 2011 em Madrid. “Trata-se de um Encontro de Jovens de todo o mundo com o Papa, uma festa da juventude, um momento alto de evangelização”, disseram as duas irmãs ao Jornal A GUARDA. E acrescentaram: “Em Madrid participámos não só como peregrinas, mas também como elementos da Banda Jota, que teve a seu cargo a animação musical no encontro dos portugueses no Madrid Arena”.

Para Susana e Teresa Ferreira foi uma emoção ter recebido o convite, por parte da Direcção Musical da JMJ 2023, para integrar o coro de vozes para a gravação do Hino Oficial. Neste processo foram seleccionados cerca de 40 jovens de todos os pontos do país, que de alguma forma já tinham ligação à música: alguns tinham participado com temas no concurso realizado para a eleição do Hino JMJ, outros participam activamente em coros, em orquestras, ou em bandas de música cristã (no caso da Susana e da Teresa – a Banda Jota), outros ainda integram movimentos ou grupos de jovens.

As gravações do Hino decorreram em estúdio durante apenas um dia. Cada elemento participante já tinha ensaiado individualmente, e até em grupo (por naipe de vozes) numa reunião à distância via Zoom.

“No dia das gravações o ritmo foi intenso, assim como o rigor e o profissionalismo de quem nos dirigia, mas também sentíamos a emoção, a alegria e o privilégio por estarmos a fazer parte de algo único, irrepetível nas nossas vidas”, disseram as irmãs Susana e Teresa Ferreira. E acrescentaram “Sentimos naquele dia, que fazemos parte de uma Igreja Viva, jovem, que se apressa em chegar”.

 

A JMJ é um dos maiores encontros internacionais organizados pela Igreja Católica, em que jovens de todo o mundo se encontram entre si e com o Papa, para momentos de oração, celebração, festa e cultura. Realiza-se desde o ano 1985 e foi instituída pelo Papa São João Paulo II.

 

Segunda, 8 de Fevereiro de 2021