Regressamos às celebrações com assembleia

Regressamos às celebrações com assembleia

Regressamos às nossas celebrações com assembleia

 

Após dois meses de confinamento rigoroso, por causa da pandemia, regressamos agora às nossas assembleias Eucarísticas. No próximo domingo, V Domingo da Quaresma, teremos novamente as assembleias dominicais. E vamos retomá-las com todas as cautelas, observando rigorosamente as orientações dadas em março do ano passado e que já provámos ser capazes de pôr em prática.

Não podemos fazer a tradicional Procissão dos Passos, nem as já aguardadas representações públicas da Paixão, nem a Procissão da Ressurreição, com o cantar do Aleluia, na manhã do Domingo de Páscoa ou mesmo as visitas pascais.

Mas continua a ser importante e necessário aproveitarmos este Tempo da Quaresma, o Tríduo Pascal e a Páscoa para trazermos à nossa memória e meditarmos o Mistério da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus, com todo o seu significado de salvação para nós e para o mundo. E podemos fazê-lo de várias maneiras, como, por exemplo, através do exercício da Via-Sacra ou da leitura meditada de algum dos relatos bíblicos sobre a Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo, quanto possível com a nossas famílias.

Embora com todas as cautelas que as circunstâncias atuais continuam a exigir-nos, as próximas celebrações pascais, diferentemente do que se passou no ano passado, vamos realizá-las em assembleia. São os casos dos Domingo de Ramos, de Quinta-Feira Santa, quer para a Missa Crismal, de manhã, quer para a Eucaristia comemorativa da Última Ceia, ao fim da tarde, da Sexta-Feira Santa e da Vigília Pascal.

Sobre cada uma destas celebrações vão ser dadas aos Rev.dos Párocos orientações mais precisas para que tudo corra bem e sem prejuízo para a saúde das pessoas.

A todos desejo o melhor aproveitamento desta parte final da Quaresma a fim de nos prepararmos bem para a Páscoa que é a Festa das festas.

 

15.3.2021

 

+Manuel R. Felício, Bispo da Guarda

Terça, 16 de Março de 2021