Beja assinala centenário da ordenação episcopal de D. José do Patrocínio Dias

Beja assinala centenário da ordenação episcopal de D. José do Patrocínio Dias

Bispo era natural da Covilhã, Diocese da Guarda

Beja assinala centenário da ordenação episcopal de D. José do Patrocínio Dias

 

O Centenário da Sagração Episcopal e entrada na Diocese de Beja de D. José do Patrocínio Dias, natural da Covilhã, começou a ser celebrado no dia 3 de Junho e prolonga-se até 4 de Junho de 2022.                                    

Quando se comemoram os 100 anos da Sagração Episcopal (3 de Junho de 2021) e entrada na Diocese de Beja (5 de Fevereiro de 2022) de D. José do Patrocínio Dias, a Congregação Religiosa Oblatas do Divino Coração, quer homenagear a figura do seu fundador. Uma iniciativa que se estende por um ano e pretende destacar particularmente o carácter de um homem que soube enfrentar os desafios com que se deparou em situações tão difíceis como a destruidora guerra na Europa e a penúria material e espiritual em que se encontrava a Diocese de Beja. Agitador de consciências, mobilizador de vontades, congregador de sentimentos de generosidade, D. José do Patrocínio Dias, apresenta-se como um homem que tem um projecto de Igreja para o Baixo Alentejo e um programa de acção evangélica para todos, a começar pelos mais pobres.

Foi uma figura determinante na restauração da Diocese de Beja e mesmo do Baixo Alentejo.

“Esta homenagem é, pois, não só um dever de gratidão mas sobretudo um apelo a prosseguirmos, enquanto Igreja, na mesma linha de dedicação àqueles que nos procuram e aos que nós devemos procurar”, refere esta Congregação Religiosa nascida em Beja.

Até 4 de Junho de 2022, haverá um conjunto de eventos já programados e ficará disponível um site sobre a vida e obra de D. José do Patrocínio Dias, para todos aqueles que quiserem aprofundar o conhecimento deste bispo natural da Diocese da Guarda. Será ainda lançado um videoclip do Hino dedicado a D. José do Patrocínio Dias, com música de A. Cartageno e letra de A. Aparício.

D. José do Patrocínio Dias nasceu na Covilhã a 23 de Julho de 1884. Frequentou o Colégio de São Fiel, da Companhia de Jesus, no Louriçal do Campo e na Faculdade de Teologia, da Universidade de Coimbra (1902–1907), onde concluiu o curso com distinção. Foi ordenado em 21 de Dezembro de 1907, na cidade da Guarda. Depois de algum tempo no Seminário do Mondego, foi-lhe entregue a paróquia de São Vicente. Em 1908 trabalhou com grande dedicação nas Agremiações Populares Católicas. Nomeado Cónego da Sé da Guarda (1915), em 1917 ofereceu-se como voluntário para capelão militar. Em 1921 foi sagrado Bispo na Sé da Guarda por D. Manuel Vieira de Matos, Bispo da Guarda, tendo tomado posse da Diocese de Beja aos 38 anos de idade, no dia 5 de Fevereiro de 1922. Morreu em Fátima no dia 24 de Outubro de 1965.

Segunda, 21 de Junho de 2021